Encontro #8, módulo 1



Você já parou pra pensar que a imaginação não tem limites? Segundo o integrante do Coletivo Quilombaque, a imaginação leva a gente pra onde a gente quiser!


Soró foi o convidado do nosso 8º Encontro e, num bate-papo DIFERENTE e bem racional, ele nos fez repensar o nosso lugar no mundo e nosso posicionamento diante das coisas. Ele deixou todo mundo PENSATIVO, reavaliando por diferentes PONTOS DE VISTA uma série de situações. Foi CURIOSO ressignificar certas coisas, reconhecer outras, se entender na história do outro. Muito INTERESSANTE!


Ele contou sua história, sua relação com ARTE E CULTURA, seus desafios, desventuras e vitórias. Conversar com ele foi um mergulho INTENSIVO e, nos deixando REFLEXIVOS e introspectivos. Acho que até demais. Tivemos dificuldades, em certos momentos, a imaginação – essa mesmo que ele afirma não ter limites – nos levou pra bem longe da sala. Não foi fácil entender e absorver tudo o que ele falava e trazer isso à nossa realidade.

Mas nada que uma mexida no esqueleto e um bom gole d'água não pudessem ajudar a nos trazer de volta à realidade: na vida, tem dias que tudo parece mais difícil e quando isso acontece, o que devemos ter em mente é que as dificuldades existem para que possamos aprender com elas. E assim foi!


Nesse bate-papo, discutimos as possibilidades de lazer, arte e cultura aqui na região; falamos muito de política, de sonhos, do nosso lugar no mundo; (re)descobrimos que, para alcançarmos algo, a gente tem que ir atrás. Lutar. Acreditar. E a recompensa, lá na frente, virá junto com a nossa vitória.


A nossa criatividade, bem como nossos sonhos, não tem limites. Basta a gente se jogar. Mergulha nessa com a gente!